\"Retrato Revelado\": Jadson André exalta ídolo Kelly Slater e amigos do surfe

Envidao em 11/04/2016 10:46:28 / Surfe

\

Aos 27 anos, Jadson André pode ser considerado um "veterano-jovem" do Circuito Mundial de Surfe. Há oito anos na elite, ele foi o entrevistado do quadro "Retrato Revelado", do Globo Esporte RN(confira no vídeo). No "quintal de casa", chamou Kelly Slater de gênio, enalteceu a amizade com o australiano Mick Fanning e destacou o talento do fenômeno Gabriel Medina e do conterrâneo Ítalo Ferreira.

No quadro "Retrato Revelado", o entrevistado precisa dizer o que vem à cabeça depois de observar fotos de personagens. Em vídeo exclusivo para o GloboEsporte.com, falou sobre a paixão pela praia de Ponta Negra, onde cresceu e iniciou a carreira. Jadson disputa a partir desta sexta-feira a sétima etapa do Mundial, em Teahupoo, no Taiti, lugar pelo qual também guarda carinho.

- É uma das melhores etapas do ano para mim. O Taiti, tirando Ponta Negra, é o meu lugar favorito no mundo. Eu falo para pessoas mais próximas, para amigos, que o único lugar do mundo que eu moraria fora de Natal é o Taiti. É uma onda que gosto, que encaixa no meu tipo de surfe. A gente está a oito posições de entrar na zona de classificação. Então, não existe nada melhor ir para o evento que você mais espera o ano inteiro e sair de lá com um ótimo resultado - falou.
 

Confira abaixo o que Jadson André falou:

Kelly Slater

"Surfa bem esse cara aí... (risos) O maior surfista da história, 11 títulos mundiais. Tive a oportunidade de fazer uma final com ele e, graças a Deus, consegui vencer. Quando a gente olha para o Kelly, imagina 'o cara', o cara do nosso esporte, que todo mundo respeita. É um gênio".

Ítalo Ferreira

"Esse é fera também. Muito bom vê-lo no Circuito Mundial, chegou 'chegando' mesmo. Está entre os melhores do mundo, no lugar onde merece estar. É um moleque que vi crescendo. Não cresceu muito, continua do mesmo tamanho, pequenininho, mas é gigante no mar".

Mick Fanning

"É meu irmão de verdade. Três vezes campeão do mundo. Eu sou amigo de todo mundo do Circuito, mas realmente com o Mick Fanning tem uma amizade diferenciada. Já competi muitas vezes com ele, e só venci uma vez. Essa vez custou caro, ele estava disputando o título mundial, e eu coloquei ele para fora do título. Mas para ter noção do quanto somos amigos, eu ganhei dele e 30 minutos depois ele me manda mensagem no telefone, dizendo que estava torcendo por mim, que me amava".

WSL

"A WSL é incrível. Eles que mandam em mim, né? Me ajudaram muito. (Sobre arbitragem) É um esporte subjetivo, e acredito que a WSL não tem nada a ver com isso. Quem dá as notas são os juízes. Já saí muitas vezes indignado, querendo arrancar a cabeça de um, mas, acima de tudo, somos profissionais e temos que segurar a onda".

Gabriel Medina

"Esse moleque é incrível. No meu ponto de vista, ele se tornou o maior surfista do mundo, o mais popular. Tem quase 6 milhões de seguidores nas redes sociais. Quem viu o Gabriel crescendo sempre soube que ele era um fenômeno, sabia que ele ia chegar onde chegou. E tem muito mais lenha para queimar. É um 'brother', a gente vive muita coisa boa nesse Circuito Mundial".
 

Ponta Negra

"A praia de Ponta Negra é muito abençoada não só para mim, mas para todo mundo que nasceu e mora na Vila de Ponta Negra. É tanto que eu tenho uma tatuagem no braço com o Morro do Careca, com a praia, com o meu avô pescando. É um lugar de Deus. Quem diria que onde nasci, de onde eu vim, chegar aí no topo do mundo, há oito anos entre os 22 melhores surfistas do mundo".

Fonte: http://globoesporte.globo.com/rn/noticia/retrato-revelado-jadson-andre-exalta-idolo-kelly-slater-e-amigos-do-surfe.ghtml